Escola Federal De Santa Catarina, Florianópolis

05 Feb 2018 21:46
Tags

Back to list of posts

A transmissão dá-se do animal infectado para o são por intermédio do contato da saliva por mordedura, lambida em feridas abertas, mucosas ou arranhões. Mesmo sendo controlada nos animais domésticos em várias partes do mundo, a raiva demanda atenção em razão dos animais silvestres. is?97S7yRBVKW9AchJtA2tU1g6gdv3Vt_pyD1-kggjPWDU&height=184 Aulo Cornélio Celso, um dos antigos a versar sobre a raiva. Sua ideia da cauterização vigeu até Pasteur. O termo raiva deriva do latim rabere (significando fúria ou delírio), porém também descobre raízes no sânscrito rabhas (tornar-se violento).Entre os gregos era chamada de Lyssa ou Lytta (loucura, demência). Desde a Antiguidade a raiva era temida em razão da sua maneira de transmissão, ao quadro clínico e tua melhoria. Entre os egípcios era comum a crença de que havia a interferência maligna da estrela Sirius (da constelação de Cão Maior) sobre o assunto os cachorros, alterando-lhes o posicionamento.Pela Grécia Antiga era temida, e Homero (Ilíada) registra a presença de cães raivosos; pela mitologia eram invocados os deuses Aristeu e Ártemis pra proteção e cura da raiva. Gravura medieval de um cão rábico. Caricatura do século XIX mostra o pânico com um cão raivoso. Em França eram frequentes os relatos dramáticos de ataques por lobos vindos da Europa Central.Louis Pasteur, o primeiro a elaborar uma vacina antirrábica. A situação da raiva pela Europa, no século XIX, era ainda de manutenção das práticas mais antigas e primitivas. Numa de tuas lembranças infantis, Pasteur registrou o pânico acontecido no Jura (passado em outubro de 1831) quando um lobo raivoso atacou homens e animais que cruzaram o seu caminho. Pasteur registrou o caso de um moço assim ferido, chamado Nicole, que fora cauterizado num ferreiro próximo à casa paterna. 8 pessoas da região, mordidas nas mãos ou nas cabeças, sucumbiram depois de horrível desgosto — no entanto Nicole sobrevivera.O longo tempo de incubação da doença fazia com que as pessoas ministrassem numerosas mezinhas nos ferimentos, e os médicos indicassem variados venenos para neutralizar o vírus. Em 1852 o governo disponibilizou uma recompensa a quem indicasse um tratamento eficaz contra a raiva, e houve quem recomendasse a primitiva receita de Galeno, de olhos de lagosta. A Academia de Medicina, consultada, respondeu que a cauterização era a única medida profilática eficaz contra o mal.A criação de coelhos de Pasteur, para elaboração da vacina da raiva. Mucha). Em dezembro do mesmo ano Pasteur voltou tua atenção pra o defeito. Auxiliado por cientistas como Émile Roux, Charles Chamberland e Louis Thuillier, em 1881 podem isolar o vírus. No ano de 1884 descrevem para a Academia de Ciências de Paris que, após sucessivas passagens, a virulência diminuía. Louis Pasteur. Gaiola de aprisionamento usada pelo cientista, ilustrada com um cão raivoso no interior. is?3OTEVM5jmXcmjJdMkmHDVI_iZzOv4qexUGrnKYz2YdM&height=180 Pela segunda-feira, 6 de julho de 1885, um nanico piá alsaciano chamado Joseph Meister deu entrada no laboratório de Pasteur, acompanhado de tua mãe. Ante a inevitabilidade do óbito, Pasteur decide aplicar a imunização neste momento provada competente em coelhos e nos cães.O sucesso da imunização humana fez seu segredo se esparramar de forma acelerada pelo universo. O Desmodus rotundus é o principal hospedeiro da raiva silvestre aérea, pela América Latina. Representação esquemática do Vírus da raiva, em maneira de bala (à direita), e os corpúsculos de Negri, livres e em neurônio (à esquerda).A Nervura do Real II - Autor(a): Marilena Chaui - Editora: Companhia das Letrascinco Títulos cinco.Um Prêmios individuaisLigeiramente turvo,Vasto porteAcesso irrestrito pros donos dos animais no momento do banho e tosaMau hálito (halitose), em consequência a substâncias tóxicas se acumulam pela corrente sanguínea1 de novembro de 2012 às 21:38Imagem: Wine LoversVer postagem principal: Vírus da raiva O agente da raiva é um Rhabdovirus com genoma de RNA claro de significado negativo (a sua cópia é que é lida como RNA mensageiro — ou mRNA — pela sinopse proteica). Pra realização dos anticorpos o antígeno capaz de fazê-lo é a glicoproteína do envoltório viral. O agente etiológico da raiva foi primeiramente identificado por Adelchi Negri, em 1903 que, por visualizar os corpúculos virais presentes nas demonstrações, tomou-os por parasitas protozoários.Inicialmente era apontada só uma espécie virótica do lissavírus como agente da raiva. Mais tarde o uso de métodos sorológicos detectou a existência de 4 sorotipos diferentes. Modernamente, com a análise da genética molecular, sete tipos distintos foram detectados. O formato de bala dos vírus (vide imagem) caracteriza-se por possuir uma das pontas em formato arredondado, e a outra reta — se bem que possa decorrer serem ambas arredondadas, em forma de bacilo. A inoculação acontece por meio da saliva do animal contaminado, principlamente pela mordida (menos frequentemente por arranhadura ou lambida em mucosas).Cabeça de chacal, pra diagnóstico comprobatório. Em 1973 foi desenvolvido o Programa Nacional de Profilaxia da Raiva Humana com o encerramento de encurtar a infecção humana por intermédio do controle nos animais domésticos, além das medidas profiláticas imediatas para aqueles que tiveram contato com animais raivosos. Fundada por Claude Bourgelat, em 1762, com respaldo em édito de Luís XV.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License